terça-feira, 15 de dezembro de 2009

AEROVIÁRIOS E AEROPORTUÁRIOS

Em audiência realizada hoje no Ministério Público do Trabalho (MPT/SP), os trabalhadores e companhias aéreas chegaram a um acordo. O Sindicato da categoria pedia 10% de reajuste salarial, o MPT propôs índice de 6% que foi aceito pela direção do sindicato que representa funcionários de empresas aéreas que trabalham em terra (aeroviários) e pilotos, co-pilotos e comissários (aeronautas). O pedido de cestas-básicas para os trabalhadores com menores salários não foi aceito pelas companhias. O acordo será assinado na quinta-feira (17/12) na sede do Snea (Sindicato patronal), no Rio de Janeiro. Está suspensa a greve prevista para os próximos dias 23 e 24.

ATO PÚBLICO EM COPACABANA
A APRUS (Associação dos Participantes e Beneficiários do Aerus), o SNA (Sindicato Nacional do Aeronautas) e a Fentac/CUT promovem ato na Praia de Copacabana – RJ, nesta quarta-feira (16/12), às 8 horas. A manifestação é um protesto à lentidão do Governo em elaborar um acordo que permita resolver a situação dos aposentados e pensionistas do Aerus. Serão colocadas 1735 cruzes na areia, simbolizando os particpantes do Aerus falecidos desde a criação do Fundo (1982).

BAHIA: SERVIDORES DAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS DEFLAGRAM CAMPANHA SALARIAL

Na quarta-feira (25/12) os trabalhadores das universidades estaduais da Bahia vão deflagrar sua campanha salarial 2010. A mobilização se inicia com a entrega da proposta de reajustes salarial da categoria na Secretaria de Educação (SEC), às 9 horas. Os representantes das universidades (Aduneb, ADUFS, ADUSC, Adusb), além do ANDES – SN e a Conlutas também distribuirão junto à comunidade universitária uma carta intitulada "Pelo resgate de nossa dignidade profissional, mostrando um pouco sobre a real situação das UEBA". O eixo da campanha salarial é a incorporação de todas as gratificações e o pagamento das perdas históricas.

JUDICIÁRIO BAIANO DEFLAGRA GREVE

Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (14), os trabalhadores ligados ao Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Simpojud) e ao Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Estado da Bahia (Sintaj) decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado. A reivindicação é contra o aumento da carga horária de seis para oito horas diárias sem adicional na remuneração.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

GREVE DA EDUCAÇÃO NO RIO GRANDE DO SUL

O CPERS/Sindicato inicia greve da categoria nesta terça-feira (15/12). A forma orientação do Conselho Geral da entidade. A greve tem o objetivo de impedir a aprovação de inúmeros projetos encaminhados pela governadora Yeda (PSDB) que atacam os planos de carreira da categoria e retiram direitos históricos dos educadores.

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO (FORNECIDA PELA DIREÇÃO DA ENTIDADE)

1. terça-feira 15, desde as primeiras horas da manhã, os educadores começarão a instalar, na Praça da Matriz, o Acampamento da Resistência. Cada núcleo da entidade - são 42 no total - deverá trazer, no mínimo, uma barraca para a praça. Servidores de outras categorias prometem reforçar o acampamento.

Do acampamento, os educadores irão iniciar uma peregrinação pelos gabinetes da Assembleia Legislativa para convencer os parlamentares da necessidade de os projetos serem retirados ou rejeitados.

No mesmo dia e local, às 10h, será realizado um Ato Público Unitário dos Servidores para reforçar a luta contra os projetos do governo.

domingo, 13 de dezembro de 2009

POLÍCIA DO PARANÁ EM MOBILIZAÇÃO

Os policiais civis desse estado poderão entrar em greve ainda neste ano, foi a resposta dada pelo Sindicato das Classes Policiais do Paraná (Sinclapol) as ameaças do governador Roberto Requião de demitir os grevistas que lutam por valorização profissional. A reivindicação da categoria é a equiparação dos policiais que entram no quadro aos policiais militares com terceiro grau completo. O Salário de início da carreira passaria de R$ 1.955,00 para R$ 4.080,00. Segundo Ademilson Batista presidente do sindicato da categoria “não dá mais para o policial civil continuar assim. Se a resposta do governo for negativa, perto do natal e do ano novo faremos uma paralisação”, “conforme o que o estado disser, faremos uma mobilização. Estamos preparados, caso precise, para deflagrar uma greve.” (Jornal GAZETA DO POVO).

CAMPANHA SALARIAL DE AEROVIÁRIOS


Aeroviários de todo o país podem parar nos dias 23 e 24
Os aeroviários (pessoal de terra) e aeronautas (pilotos, comissários) ameaçam fazer greve nos dias 23 e 24 desse mês. Na pauta o reajuste salarial de 10%. As empresas oferecem 4,5%. Na quinta-feira (10/12) os trabalhadores fizeram ato público no aeroporto de Congonhas. Nesta segunda-feira (14/12) serão realizadas assembléias nos estados para discutir a proposta das empresas.

$$$ Céu de brigadeiro $$$
Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o setor aéreo dobrou de tamanho entre 2003 e 2009. Em novembro houve um aumento de 38,3% dos vôos domésticos. Entre janeiro e novembro, a procura foi de 15,6% maior e as aeronaves voaram com uma ocupação média de 66%. Em novembro, ela chegou a 70,77%. A Gol anunciou um lucro líquido de R$ 77.9 milhões para o terceiro trimestre deste ano. A TAM fechou o terceiro trimestre com também lucro líquido de R$ 348 milhões os dados são do Sindicato Nacional da categoria (SNEA).

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

BRASILIA: TÉCNICOS PENITENCIÁRIOS CHEGAM AO 11° DIA DE GREVE

No 11º dia de greve, os técnicos penitenciários do Distrito Federal seguem firmes em sua luta. Na pauta de reivindicações: aumento salarial e nomeação dos trabalhadores aprovados no concurso de 2008. Criada em 2007, as primeiras nomeações aconteceram ao longo do ano seguinte onde dos 1.600 aprovados, apenas 1.011 foram chamados, mas devido aos salários baixos renunciaram ao cargo. Atualmente há 850 trabalhadores em atividades, segundo o SINDPEN (Sindicato da categoria). Na manhã desta sexta-feira (11/12), cerca de 500 pessoas participaram de mais uma assembléia em frente ao Complexo Penitenciário da Papuda, informou o site do Correio Brasiliense, de lá seguiram para ato público em frente a residência oficial do governador José Roberto Arruda (sem partido).

SUSPENSA GREVE DO METRO NA CAPITAL FEDERAL

O Sindmetrô suspendeu na tarde de hoje (11/12), após audiência no Ministério Público do Trabalho (MPT) a greve da categoria que tinha como indicativo seu inicio na próxima segunda-feira (14/12). Segundo a direção do sindicato a principal reivindicação da categoria que era a suspensão do processo de terceirização das bilheterias, foi atendida em ação do MPT.

CONTINUA GREVE DA POLICIA CIVIL DO DF

Após uma semana de greve, a Policia Civil do DF decidiu, em assembléia na tarde desta sexta-feira (11/12), continuar com sua mobilização, destacou o site do Correio Brasiliense. Apesar do Ministério Público da União (MPU) determinar a volta imediata ao trabalho, os trabalhadores continuam firmes em sua luta. A principal reivindicação da categoria é o pedido de encaminhamento da reestruturação da carreira ao Poder Executivo Federal. A próxima assembléia será dia 16/12 (sexta-feira), às 15h, em frente a Residência Oficial do governador, em Águas Claras.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

REPRESSÃO POLICIAL EM BRASILIA

No dia de combate a corrupção, a policia do DF reprimiu manifestação que exigia a saída do governador Roberto Arruda (DEM). O confronto que terminou com três prisões e dezenas de feridos ocorreu um dia após 700 policiais terem realizado a reintegração de posse da Câmara Legislativa Distrital. “é um absurdo que a PM venha reprimir nossa manifestação em vez de prender o corrupto governador Arruda” falou ao BLOG Fábio Felix da Juventude Vamos à Luta, um dos grupos de estudantes que lideravam o movimento. “apenas começamos, já derrubamos o reitor da UNB por corrupção e chegou a hora do governador”. Concluiu.